Radar da Pneumologia

Morte por câncer de pulmão cai entre homens e sobe entre mulheres

setembro 6, 2016 • Por

dreamstime_pulmao_05-09-16

De acordo com dados do Ministério da Saúde, de 2005 para 2014, a taxa de óbitos por câncer de pulmão diminuiu entre os homens e aumentou entre as mulheres.

Segundo o levantamento, feito com base no Sistema de Informações sobre Mortalidade, o índice passou de 18,5 em 2005 para 16,3 em 2014, considerando a amostra de 100 mil habitantes do sexo masculino. Já entre o público feminino, o número subiu de 7,7 para 8,8 em nove anos.

Ainda de acordo com o relatório, o tabagismo é a causa de 200 mil mortes anualmente no Brasil, e 90% dos homens com câncer de pulmão fumaram em algum momento da vida.

“As mulheres começaram a fumar depois dos homens, nas décadas de 70 e 80, por isso, a taxa de mortalidade entre elas continua subindo. Mas, futuramente, pode começar a cair, seguindo a tendência de queda no uso do tabaco no país” – analisa a gerente da Divisão de Pesquisa Populacional do Inca, Dra. Liz Almeida.

Em 2006, 15,7% dos brasileiros fumavam. Já em 2014, a parcela era de 10,4%. Entre os homens, a porcentagem de fumantes nesse período passou de 20,3% para 12,8%. Enquanto, entre as mulheres, caiu de 12,8% para 8,3%.

Os números foram divulgados durante o evento do Dia Nacional de Combate ao Fumo, que lançou a campanha “#MostreAtitude: sem o cigarro, sua vida ganha mais saúde”.

Fonte: O Globo.