Radar da Pneumologia

Câncer de pulmão: projeto poderá contribuir para o diagnóstico precoce

outubro 27, 2017 • Por


Farmacêuticas AstraZeneca, Bristol-Myers Squibb e Pfizer anunciaram parceria para ajudar médicos e pacientes a obter o subtipo do tumor com mais agilidade e, assim, definir a melhor estratégia de tratamento para o câncer de pulmão.

Cada empresa realizará, de forma consecutiva, três testes para identificar os diferentes subtipos da doença: mutação EGFR, translocação ALK e a expressão de PD-L1. Assim, o tempo de espera, que atualmente é de 60 a 90 dias, será reduzido para aproximadamente 17 dias.

Para implantar o sistema, cada empresa desenvolveu uma plataforma específica que conta com uma infraestrutura de apoio aos programas, websites próprios, centrais de atendimento 0800 e parceria com laboratórios. Em cada um deles, os médicos cadastrados poderão fazer as solicitações dos exames de seus pacientes.

As três plataformas possuem mecanismos de compartilhamento das requisições, portanto, o médico pode optar por solicitar os testes por qualquer um dos programas, além de decidir quais exames são necessários para cada paciente.


Fontes: Página da Saúde e Onconews.