Institucional

SBPT lança questionário sobre tratamento de asma no Brasil

Janeiro 13, 2018 • Por


Com o objetivo de mapear os centros de diagnóstico e facilitar o acesso dos pacientes, a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia convida os médicos a responderem breves perguntas sobre a asma de difícil controle.

A Comissão Científica de Asma da SBPT elaborou um questionário sobre o diagnóstico e tratamento da asma no Brasil e pede a atenção dos médicos pneumologistas para respondê-lo:

“Apesar da redução da mortalidade e da morbidade observada nos últimos anos, a asma continua sendo um grande problema de saúde pública, constituindo uma das principais razões de internação por causas respiratórias. Desde 2001, vários centros de tratamento capitaneados por pneumologistas dedicados implantaram programas de controle da asma que, aliados à distribuição gratuita de medicamentos, mostraram resultados positivos com redução progressiva da mortalidade e morbidade.

Em 2008, o Jornal Brasileiro de Pneumologia publicou as características dos diversos programas existentes no Brasil. Na ocasião, dos 55 serviços existentes, 28 (51%) programas estavam ligados a secretarias de saúde (municipais e estaduais) e 27 (49%) a instituições de ensino superior.

Reconhecendo o papel fundamental dos centros de diagnóstico e tratamento da asma na melhoria do atendimento ao paciente, gostaríamos de descobrir um pouco mais sobre sua estrutura e complexidade e se possuem programas estruturados de controle de asma. Este conhecimento é necessário para ampla divulgação à sociedade civil, facilitando o acesso dos pacientes que estiverem procurando um local de referência, bem como para o associado que deseje discutir um caso de maior complexidade”.

Atenciosamente,

Comissão de Asma.

Acesse o questionário aqui.