Institucional

AMB divulga carta contra premiação de uma empresa de fumígenos no Programa Pró-Ética

Janeiro 25, 2018 • Por


Em nome das sociedades de especialidades, em respeito às vítimas do tabagismo e ao tratado assinado pelo Brasil na Convenção Quadro de Controle do Tabaco, a Associação Médica Brasileira repudia a escolha da Souza Cruz no Prêmio Pró-Ética.

“Esta premiação se configura em um desrespeito à memória de 156 mil brasileiros que têm a vida ceifada precocemente a cada ano no Brasil, vítimas de mais de 55 doenças geradas a partir do consumo de produtos derivados do tabaco, além da dependência à nicotina”, escreve a AMB no documento dirigido ao Ministro da Transparência e Controladoria Geral da União, Wagner Rosário.

Leia a carta completa aqui.