Radar da Pneumologia

Abaixo-assinado pede a adoção de embalagens padronizadas de cigarro

setembro 5, 2018 • Por

A Aliança de Controle do Tabagismo (ACT – Promoção da Saúde) criou um abaixo-assinado que exige a adoção de embalagens padronizadas. A medida é eficaz para evitar a iniciação de jovens e crianças ao tabagismo e reduzir o consumo de cigarros porque elimina uma das formas de marketing mais utilizadas pela indústria do tabaco: o design de embalagens.

Nove em cada dez fumantes começam a fumar antes dos 19 anos, o que faz do tabagismo uma doença pediátrica, cuja iniciação em média é aos 16 anos. Normalmente, os cigarros são colocados próximos a chocolates e balas, produtos que atraem crianças e jovens, e as embalagens são a principal forma de atrair consumidores, visto que a legislação atual proíbe a propaganda comercial de produtos de tabaco. As embalagens padronizadas são uma maneira de evitar esse apelo.

Essa medida já foi adotada com muito sucesso em países como a Austrália e a França. Recentemente, o Uruguai foi o primeiro país das Américas a aprovar as embalagens padronizadas, que devem ser implementadas em breve no país.

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 769/15, de autoria de José Serra, estabelece várias medidas essenciais para o controle do tabagismo no Brasil. Dentre elas, destaca-se a adoção das embalagens padronizadas de cigarro.

Para colaborar com a causa e assinar a petição #EmbalagemPadronizadaJá, acesse: http://actbr.org.br/embalagempadronizada